Ações do documento

Seminário Tecnológico - Ecossistema Javascript

O que
Quando 29/05/2014
de 09:00 até 17:00
Onde diversos locais
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal
Seminário Tecnológico - Ecossistema Javascript


Objetivo do evento:


O objetivo deste seminário é apresentar e discutir esse novo "ecossistema" Javascript, apresentando alguns aspectos do estado da arte dessas tecnologias, assim como: métodos, técnicas e padrões para criar aplicações escaláveis, seguras e baseadas em plataforma aberta.

 

Contextualização:

"I hope that the internet will get to become ubiquitous and affordable, and if that's achieved, I think it'll be a big part of people's lives - for the better."
Jerry Yang - Yahoo!

Durante muitos anos, o Javascript foi considerado uma "toy language", comparada com outras plataformas de desenvolvimento, como o Java (TM) e o C++, sendo relegada a "enfeitar" páginas web. No início, o próprio "engine" de execução Javascript era um "add-on" agregado aos navegadores web.

Apesar de ter sido padronizada pelo ISO (ISO/IEC 16262:2011), sempre foi considerada uma linguagem "acessória". Mesmo quando grandes empresas, desenvolvedoras de navegadores Web, começaram a separar seus interpretadores dos navegadores, oferecendo-os como "engines" separados (Mozilla - SpiderMonkey, Google - V8) ainda assim era utilizada como linguagem de "scripts" de configuração de aplicativos.

Parte dessa visão de "toy language" foi derivada do "encapsulamento" realizado pelos frameworks MVW mais populares, como: .NET e Java EE, que encobriam as tecnologias básicas da Web (HTML, Javascript e CSS) com seus próprios modelos de componentes visuais.

Porém, com o surgimento de novas tendências e novas tecnologias, como Ajax e desenvolvimento móvel, a linguagem Javascript passou a ter um papel mais relevante no desenvolvimento da camada de apresentação, chegando a dispensar renderização HTML no Servidor.

Dentro desse novo contexto tecnológico, ferramentas e tecnologias como: HTML 5, CSS 3, SPDY, jQuery, jQuery mobile, Angular.js, entre outras, ajudaram a tornar as páginas Web mais dinâmicas e responsivas, algo que destacou mais ainda o papel do Javascript como linguagem de programação de interfaces.

Recentemente, algumas empresas começaram a investir em ferramentas para desenvolvimento de aplicações servidoras, que conseguissem tratar dezenas de milhares de conexões simultâneas, de modo a superar o que ficou conhecido como "O problema C10K" (10.000 conexões simultâneas). A ideia era buscar soluções mais simples, que conseguissem otimizar o uso dos "sockets" de rede, reduzindo, simultaneamente, o consumo de memória, de CPU e aumentando a velocidade e escalabilidade das aplicações.

Desde meados dos anos 2000, surgiram vários produtos e ferramentas, tanto Open Source, como proprietárias, visando resolver o problema C10K com baixo custo. Entre elas estão: NIGIX, Lighttpd, Node.js, Jetty e RIBS2.

Todas essas novas ferramentas apostaram em algumas técnicas básicas para atingir C10K, com baixo consumo de recursos: Otimizar o uso de Threads, evitando abrir um "thread" por conexão, loop de eventos e "non-blocking I/O".

De todas essas ferramentas modernas, destacam-se as baseadas em Javascript, sendo o Node.js uma das mais populares ferramentas para criação de aplicações servidoras baseadas em eventos. Aliada a um banco de dados NoSQL, como o MongoDB, a um framework REST, como o Express, e à biblioteca cliente Angular.js, forma o famoso M.E.A.N. Stack, uma plataforma completa, que usa Javascript em todas as camadas, para desenvolvimento de aplicações modernas e escaláveis.

Horários Palestras:


09h-09h10min - Brasília - Abertura - Deivi Kuhn
9h10min-10h   - Rio de Janeiro - Cleuton Sampaio - A web aberta e o ecossistema Javascript
10h - 11h        - Salvador - Luciano Borges - O HTML5 e suas novas APIs
11h - 12h        - Rio de Janeiro - Cleuton Sampaio - Real time communications com Javascript (Node e Websockets)
12h - 14h        - Intervalo
14h - 15h        - Salvador - Michel Ferreira - Javascript TDD + BDD
15h - 16h        - Rio de Janeiro - Cleuton Sampaio - Gerenciamento de estado em aplicações Javascript
16h - 17h        - Salvador - Márcio Albuquerque - JQuery Family


Transmissão:

A atividade será transmitida via internet pelo serviço Assiste - Vídeo Streaming Livre do Serpro.

Para acompanhar, acesse: assiste.serpro.gov.br/cisl/

Para encaminhar perguntas durante a palestra, enviem para o e-mail CISL cisl@serpro.gov.br, diáspora https://diasporabr.com.br/u/cislgovbr, twitter @CISLGovBR ou facebook https://www.facebook.com/cislgovbr .


Descrição das palestras:

Palestra 1:
Título: A web aberta e o ecossistema Javascript
A evolução do Javascript e das tecnologias de base para atender à web aberta, que permite a criação de aplicações web escalávels e de alto desempenho, baseadas em plataforma livre.
Serão mostrados vários frameworks e tecnologias, como: Node.js, Express, Angular.js e vários outros.

Palestrante: Cleuton Sampaio

Minicurrículo:
Cleuton é Mestre, formado pelo IBMEC RJ, com certificação PMP e SCEA. Além de arquiteto de sistemas, é professor universitário e escritor profissional, com vários livros publicados, sendo o mais recente: "Qualidade de software na prática - Como reduzir o custo de manutenção de software com a análise de código", editado pela Ciência Moderna. É participante ativo de comunidades de software livre, sendo desenvolvedor de vários projetos FOSS, como: AAMO (www.aamoframework.org) e jQana (www.jqana.com), além de ser colaborador de várias outras comunidades de suporte a usuário.

Palestra 2:
Título: O HTML5 e suas novas APIs

O HTML5 vem se tornando o novo padrão para a estruturação e apresentação de conteúdo na Web trazendo melhorias significativas com novas funcionalidades de semântica e acessibilidade, além de melhorar o suporte aos mais recentes conteúdo multimídias. Nesta palestra veremos as principais novidades dessa nova versão que já estão disponíveis nos principais browsers.

Palestrante: Luciano Santos Borges

Minicurrículo:
Formado em Ciência da Computação e especialização em Sistemas e Aplicações Web, atualmente trabalha no SERPRO como analista de desenvolvimento na equipe que mantém o Framework Demoiselle. Gostaa de trabalhar com sistemas web, sistemas de informações geográficas na web e frameworks JavaScript.

Palestra 3:
Título: Real time communications com Javascript (node e Websockets)
Veja como utilizar o recurso de Websockets (HTML 5) para implementar comunicação de baixa latência com servidores Node.js.
Prático para aplicações de tempo real, como: Chats, Games etc.

Palestrante: Cleuton Sampaio

Palestra 4:
Título: Javascript TDD + BDD

Palestrante: Michel Ferreira

Minicurrículo:

Palestra 5:

Título: Gerenciamento de estado em aplicações Javascript
Como gerenciar estado de maneira interoperável? Mecanismos baseados em camada de apresentação no Servidor, sempre foram uma dor de cabeça, e agora, com o ecossistema Javascript, como fazer isso, sem trafegar imensas quantidades de dados entre o Navegador e o Servidor, e sem armazenar no Banco de dados?
Serão mostradas alternativas, como: express-session e Redis.

Palestrante: Cleuton Sampaio

Palestra 6:

Título: JQuery Family

Palestrante: Márcio ALbuquerque

Minicurrículo:

Palestra 7:
Título: Testes em JavaScript (Jasmine + MonsterJs)

Palestrante: Michel Ferreira

Minicurrículo:

 

Locais para participação presencial

Serpro – Brasília / Sede – Auditório
SGAN Av.L-2 Norte Quadra 601 – Módulo G – Brasília – DF – CEP: 70830-900

Serpro – Curitiba – Auditório
Rua Carlos Pioli, 133 Bom Retiro – Curitiba – PR – CEP: 80520-170

Serpro – São Paulo – sala de videoconferência 1 B 1
Rua OlíviaSerpro – Fortaleza – Auditório Guedes Penteado, 941 – Socorro
São Paulo – (SP) – CEP: 04766-900

Serpro – Fortaleza – Auditório
Av. Pontes Vieira, 832 São João do Tauapé – Fortaleza – CEARÁ – CESerpro – Fortaleza – Auditório P: 60130-240

Serpro – Belo Horizonte – Auditório
Av. José Cândido da Silveira, 1.200 Cidade Nova
Belo Horizonte – MG – CEP: 31035-536

Serpro – Rio de Janeiro / Andaraí – Auditório
Rua Duquesa de Bragança nº 100 – Grajaú – Rio de Janeiro – RJ

Serpro – Salvador – Auditório
Av. Luiz Vianna Filho, 2.355 Paralela – Salvador – BA – CEP: 41130-530

Serpro – Porto Alegre - Auditório
Av. Augusto de Carvalho, 1.133 – Bairro Cidade Baixa
Porto Alegre/Rio Grande do Sul, CEP: 90010-390

Serpro – Recife – Auditório
Av. Parnamirim, 295 Parnamirim – Recife – PE – CEP: 52060-901

ipv6
 
SoftwarePublico
 
Serpro
 
 
 

Impulsionado pelo Plone

Este site está em conformidade com os seguintes padrões: