Ações do documento

Governo discute propostas para o software livre

O resgate da Universidade do Software Livre é um dos temas abordados no encontro do Cisl

O IV Planejamento Estratégico de Ações do Comitê Técnico de Implementação de Software Livre do Governo Federal (Cisl) para o biênio 2013/2014 teve início hoje, 10, na Escola de Administração Fazendária (Esaf), em Brasília.

A mesa de abertura contou com a presença do presidente do Serpro e do Cisl, Marcos Mazoni, que retomou uma das primeiras propostas discutidas no Congresso Internacional de Software Livre e Governo Eletrônico (Consegi) em 2007: a implantação da Universidade do Software Livre, na Esaf. Mazoni ressaltou que a universidade será uma organização corporativa do governo onde a partir da lógica do software livre, trabalhará todos os temas do uso da tecnologia nas mais diferentes formas de ação e comunicação que existem hoje na sociedade brasileira e mundial.

"Este é um bom desafio para iniciarmos esta luta permanente, que temos convicção ser o melhor caminho. Essa é uma trilha a ser seguida e deve ser sempre o nosso foco de atuação dentro da lógica de compartilhamento, lógica essa que só encontramos no software livre", salientou Mazoni.

O presidente cobrou engajamento junto ao Movimento do Software Livre, para que seja possível resgatar assuntos defendidos pelo grupo há cinco anos e disseminar para a sociedade quais os benefícios que a incorporação do código aberto oferece ao país. "E que esse encontro resulte na construção de propostas efetivas e na criação de um plano de ação, para podermos consolidar o conceito do software livre no âmbito governamental e reforçar as ações em código aberto que já existem em diversos órgãos", acrescentou.

Mazoni lembrou aos presentes que este ano, entre os dias 13, 14 e 15 de agosto, acontece o Consegi. "O Congresso é um grande palco de demonstrações das realizações de governo eletrônico baseadas exclusivamente em software livre", destacou o presidente.

Participaram da mesa de abertura o secretário-executivo da Secretaria-geral da Presidência da República, Diogo Sant'Ana, o diretor-geral da Esaf, Alexandre Motta, e o ativista do movimento do software livre Marcelo Branco.

Os participantes do evento debatem até amanhã, 11, importantes tópicos que intensifiquem o compromisso com a difusão das soluções em código aberto.

 
ipv6
 
SoftwarePublico
 
Serpro
 
Portal Brasil
 
 

Impulsionado pelo Plone

Este site está em conformidade com os seguintes padrões: